Ordo Fratrum Minorum Capuccinorum 2

Log in
updated 7:30 PM UTC, Feb 1, 2023

XIII Assembleia da ALAC

“Formação e Missão em uma nova cultura”, foi o lema que reuniu os irmãos Ministros Provinciais, Custódios e Delegados para a XIII Assembleia da ALAC nos dias 27 de janeiro – 3 de fevereiro de 2018 em Lima, Peru (ALAC – Assembleia Latino-Americana e Caribenha dos Capuchinhos).

A escuta, a partilha e a tentativa de encontrar respostas adequadas às problemáticas e aos desafios que interpelam a nossa presença na América Latina e na Península Ibérica, foram os elementos que caracterizaram o encontro. Da reunião, participaram todos os Conselheiros Gerais; o Ministro Geral não pôde comparecer, devido à convalescência de uma cirurgia. Após a saudação a todos os participantes da parte de Fr. Štefan Kožuh, Vigário Geral, Fr. Hugo Mejía apresentou a estatística da Ordem, pondo em relevo as variações destes últimos anos e como estas influem sobre os programas de evangelização e formação. Fr. Sergio Dal Moro apresentou uma reflexão sobre a falta de perseverança vocacional, abordando um dos aspectos mais sofridos e problemáticos da Vida Religiosa. A exposição de Fr. Sergio se desenvolveu em torno destes três pontos: 1. O fenômeno das desistências. 2. Uma tentativa de análise. 3. Como proceder (Ver, julgar e agir).

Muito envolvente foi a reflexão oferecida por Pe. Gustavo Gutierrez. Este famoso teólogo, com humildade e profundidade, compartilhou a sua experiência de sábio nonagenário que dedicou muitos anos de sua vida à pesquisa teológica.

Fr. David Beaumont, Custódio do Norte do México, ofereceu o seu testemunho de missionário em zonas bastante rurais. Em sua colocação, narrou experiências vividas com pessoas e nos apresentou rostos que marcaram profundamente o seu caminho missionário.

Fr. Hugo Mejía apresentou o “Voluntariado leigo capuchinho”, uma iniciativa promovida pela Ordem que oferece a possibilidade, às pessoas próximas de nossas fraternidades e a outras, de transcorrer tempos de serviço voluntário em nossas missões na Ásia e na África.

Digna de nota é a tentativa em ato de constituir uma fraternidade internacional na Amazônia, a serviço dos irmãos que vivem em zonas rurais e esquecidas. Que a boa intenção possa se tornar logo realidade.

Além destas comunicações e testemunhos, que foram aprofundados em grupos de trabalho, os participantes se reuniram por Conferência para discutir problemáticas inerentes às suas Circunscrições e para se prepararem à celebração do próximo Capítulo Geral.

Metade de um dia foi dedicada à visita ao centro histórico de Lima, onde admiramos lugares e edifícios que testemunham a obra da Igreja e a santidade de Santa Rosa de Lima e São Martinho de Porres.

O encontro se desenvolveu em clima de cordialidade e interesse. A hospitalidade especial dos frades da Província do Peru deu sustento ao nosso trabalho. Obrigado!

Foto e vídeo – Fr. Paulo Henrique, OFMCap.

Vídeo

Foto

Última modificação em Quinta, 15 Março 2018 07:40