Ordo Fratrum Minorum Capuccinorum

Log in
updated 12:22 PM CET, Nov 20, 2019

Curso de bibliotecários 2019

Roma. Na semana de 2 a 7 de setembro, aconteceu em Roma, no Colégio Internacional São Lourenço de Bríndisi, o Curso 2019 para operadores religiosos e leigos de bibliotecas, arquivos e museus capuchinhos, organizado pela Biblioteca Central e pelo Arquivo Geral dos Capuchinhos, com a participação do Museu Franciscano, sobre o tema Os bens culturais da Ordem na formação inicial e permanente dos Frades Capuchinhos.

Em conclusão ao Ano Laurenciano, tomando inspiração do testemunho de vida do Doctor Apostolicus, que soube conjugar cultura, serviço, missão e apostolado, desejou-se pôr a atenção sobre o que representa o livro, o documento e o bem artístico-cultural para o frade do passado e de hoje, a fim de promover uma reflexão partilhada sobre o papel e a importância das bibliotecas, dos arquivos e dos museus capuchinhos na formação inicial e permanente para a vida na Ordem.

Mais de trinta participantes, entre frades e colaboradores leigos provenientes de quatro continentes – África, Américas, Ásia e Europa – e representantes das diversas gerações, dos 30 aos 91 anos de idade, descreveram sua experiência, contextualizando-a segundo as diversas áreas geográficas e culturais de proveniência, para oferecer uma visão global sobre as potencialidades dos bens documentais, librários e museológicos em âmbito formativo capuchinho.

Convidado a abrir a semana de trabalhos do Curso, o Secretariado Geral para a Formação participou com a conferência proferida por Fr. Jaime Rey, também em nome de Fr. Charles Alphonse, e trouxe a saudação e os votos do Ministro Geral, Fr. Roberto Genuin, do Conselheiro Geral acompanhador do Conselho Internacional para a Formação, Fr. Kilian Ngitir, bem como de todo o Conselho Geral da Ordem.

Após a saudação de boas-vindas da parte do Reitor do Colégio São Lourenço de Bríndisi, Fr. Andrzej Kiejza, houve a primeira mesa redonda, à qual seguiram-se três dias, dedicados respectivamente aos arquivos, aos museus e às bibliotecas. Nas 10 sessões do Curso – articuladas em conferências apresentadas pela manhã por 17 operadores e responsáveis pelas instituições culturais de diversas Circunscrições da Ordem e mesas redondas vespertinas, que contaram com a viva participação de todos os presentes – foram analisados os aspectos positivos e aqueles críticos relativos à gestão e ao emprego das Instituições culturais nas Circunscrições, como também as especificidades e as diversas sensibilidades locais.

A variedade de situações que daí emergiram oferece um quadro que corresponde à realidade atual da Ordem, mas também da Igreja, do ponto de vista geodemográfico.

A visita à Basílica de São Lourenço Fora dos Muros, recebidos e guiados por Fr. Luca Casalicchio, em nome dos Frades da Província Romana que têm o seu cuidado pastoral, incluiu a Torre dos Capuchinhos e a parte histórica do Cemitério monumental do Verano, como uma espécie de peregrinação cultural e espiritual que, conjugando arte, história e memória, mostrou como, justamente graças ao que chamamos de “bem cultural”, a morte não tem o poder de interromper o diálogo vital entre as gerações. Livros, documentos de arquivo e bens museológicos estão, de fato, em condições de perpetuar este diálogo em toda a sua dinamicidade, alimentando o carisma da Ordem encarnado ao longo dos séculos por tantos de seus frades chamados a desempenhar o seu apostolado e a dar o seu testemunho em todos os lugares geográficos e kairóticos da história.

A semana, que permitiu também coletar os dados atualizados dos catálogos participantes do OPAC internacional de Bibliotecas Capuchinhas (www.ibisweb.it/bcc), concluiu-se com todos estando de acordo sobre a necessidade de um empenho cada vez maior e mais qualificado das Instituições culturais capuchinhas em documentar, valorizar e transmitir todos os elementos daquele patrimônio cultural da Ordem, do qual cada frade é herdeiro e chamado a se fazer testemunha.

Próximo encontro, setembro de 2020, para uma nova edição do Curso.

Patrizia Morelli
Biblioteca Central e Arquivo Geral dos Capuchinhos

Última modificação em Quinta, 19 Setembro 2019 14:03