Curia Generalis Ordinis Fratrum Minorum Capuccinorum

Log in
updated 6:22 AM CEST, Sep 19, 2017

Instituto Histórico

Foi o Ministro Geral Melchiorre de Benisa que, no dia 23 de julho de 1926, anunciou oficialmente à Ordem a aquisição do prédio Sperelli, na Via San Francesco 23, em Assis. Esse edifício foi sede de um grupo de estudiosos da Ordem, tendo à disposição uma biblioteca, o Museu Franciscano e a publicação de uma revista científica. Quatro anos mais tarde, em 14 de novembro de 1930, o mesmo Ministro Geral assinou o decreto de criação do "Colégio São Lourenço de Brindes, em Assis". Esse foi o nome original do Instituto Histórico.

Para poder utilizar mais comodamente os arquivos e as bibliotecas de Roma, o "Colégio de Assis" pediu e obteve a permissão para transferir-se a Roma, na Via Sicília 159. Entre 4 e 10 de novembro de 1940, é acomodado precariamente no 'Hospitium Generale', na Via Romagna. Permaneceu temporariamente também sem a biblioteca e sem o museu franciscano. Para evitar confusão com o Colégio Internacional São Lourenço, o "Colégio de Assis" muda o nome para Instituto Histórico dos Capuchinhos.

Com a transferência da Cúria Geral da Via Boncompagni à atual sede da Via Piemonte 70, o Instituto Histórico foi acomodado, no verão de 1953, em algumas salas da ex-Cúria, no terceiro andar da Via Boncompagni. Nos meses de julho-agosto de 1968 foi transferido para a atual sede do G.R.A. km 65.050.

O Instituto Histórico é uma fraternidade internacional sob imediata dependência do Ministro Geral e, enquanto tal, é regulado pelas Constituições e por um Estatuto próprio. Segundo o seu Estatuto (1995), o instituto tem finalidade dupla:

  • a pesquisa científica e o cuidado das publicações no campo franciscano, principalmente capuchinho;
  • a promoção, segundo as suas possibilidades, de iniciativas culturais que interessam a vida da Ordem capuchinha.

Mais informações

Contato

Última modificação em Sexta, 30 Setembro 2016 00:25