Ordo Fratrum Minorum Capuccinorum

Log in
updated 5:37 PM CET, Nov 24, 2020

O homem, por meio do trabalho, continua a obra de Deus

Na manhã do quinto dia do CPO vislumbramos a dimensão bíblica do trabalho. Neste exôdo dos nossos preconceitos humanos sobre o trabalho, nos orientou, com o seu estilo provocativo, o nosso confrade Fernando Ventura. Somente duas frases para sentir o seu pensamento: "O homem, com o seu trabalho, torna-se continuador e cuidador da obra da Criação de Deus, não se trata de um castigo, mas de 'ser com...', de ser em relação" e "Ser gente com a gente, afim que sempre mais pessoas sejam gente e ninguém deixe de ser pessoa".

Na parte da tarde nossos confrades Henryk Cisowski e Benedict Ayodi apresentaram o nosso trabalho para os pobres em várias partes do mundo por que "ninguém deixe de ser pessoa"

Assim seguem dois dias de repouso e de reflexão pessoal sobre o que sentimos. Renovamos o convite de nos acompanhar com a pregação e não esquecer de nos enviar as vossas reflexões sobre a graça de trabalhar.

Frei Fernando Ventura OFMCap – O trabalho na Bíblia

icon word pdf color
Frei Benedict Ayodi OFMCap – O ofício de Justiça, Paz e Ecologia e Integração do Criado
Frei Henryk Cisowski OFMCap – A obra de socorro de Padre Pio-Cracóvia,Polônia

Frei Fernando Ventura nasceu em Senhora da Hora, Matosinhos, Portugal em 1959 é um frade capuchinho da província de Portugal. Depois que concluiu o Ensino Médio, frequentou o curso de medicina a Bordeaux (Francia). Retornando em seu país, entrou na Ordem em 1986 e se licenciou em Teologia na Universidade Católica de Lisboa e em Ciências Bíblicas, no Pontifício Instituto Bíblico de Roma. Trabalhou pastoralmente como professor de religião na escola média e esteve professor de Sagrada Escritura no Instituto Superior de Ciências Religiosas de Aveiro (Portugal). Trabalhou pastoralmente em várias paróquias, rádio e em televisão. Também trabalhou como assistente espiritual da Comunidade de Vida e Paz para o tratamento de toxicodependentes sem teto. É membro da Rede Europeia de Luta contra a pobreza, é responsável pelo Banco Leite de São Tomé e Príncipe que fundou em 2010, que se ocupa do orfanato de São Tomé, e é também responsável pela Associação Alma Mater Artis que se ocupa da formação artística e humana de crianças e jovens das periferias de Porto e outras na cidade de Portugal (www.amartis.pt).

Trabalha como intérprete para a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Ordem Franciscana Secular, Vaticano, Conferência Episcopal Italiana.

Publicações: Maria no Islam (Estudo de Mariologia Islâmica) – Estudo exegético do capítolo 21 do Apocalipse- Itinerário de leitura da Bíblia– Do Eu solitário ao Nós solidário– Somos pobres mas somos em tantos. Inúmeros artigos de tema bíblico.

Frei Henryk Cisowski, polonês, nasceu em 1966, ordenado em 1993. Licenciou-se em Ciências Bíblicas – Biblicum (Roma), em 1999. A partir de 2002 desenvolveu diversos ministérios dentro da Ordem, sempre pertencente à comunidade de Cracóvia: secretário do Seminário interno, professor Sagrada Escritura, entre 2006-2014 diretor da Manifatura dos Capuchinhos (produção e venda de Bálsamo Capuchinho), desde 2004 até hoje diretor da Obra de Socorro de Padre Pio, da qual falaremos em seguida; membro da Comissão de Justiça Paz Integridade do Criado.

« 1 of 2 »